Bolinho de arroz

• 6 comentários

O que você faz quando tem visita para tomar cerveja e não tem aperitivo ?!? Provavelmente coloca um queijo e umas castanhas.

Vamos aproveitar todo o arroz do dia anterior e fazer esse bolinho maravilhoso. Isso com molho de pimenta é bom demais. Acho que depois dessa fritura meu próximo post será re-comendação de dietas. Hahaha !!!

Continue lendo >>

Biscoito de fubá de canjica

• 1 comentário

Minha avó sabe tudo de cozinha, e quando não sabe tem receita das irmãs, vizinhas, tias, primas, e de Deus e o mundo. Assim é a minha avó, e essa é a receita da irmã da avó da prima da vizinha … ou sei lá de quem é.

A primeira versão de biscoito das muitas que virão. Afinal preciso colocar todas as minhas receitas de família neste blog.

Biscoito de fubá de canjica

Ingredientes

  • 350g de fubá de canjica
  • 350g de polvilho doce
  • 250 ml de óleo

  • Ovos até o ponto de enrolar (mais ou menos 10 ovos)
  • Sal à gosto

Modo de preparo

  1. Coloque o fubá e o polvilho numa bacia e misture bem.
  2. Esquente o óleo até sair fumaça e escalde a massa.
  3. Esfrie a massa e acrescente os ovos até dar o ponto de enrolar.
  4. O ponto do biscoito é quando você consegue enrolar com a mão untada de óleo sem ele se desfazer. Quanto mais mole ficar a massa, melhor ficará o biscoito.
  5. Enrole os biscoitos em forma de “S” com aproximadamente 10 cm de comprimento.
  6. Disponha os biscoitos numa assadeira. Não precisa untar o tabuleiro.
  7. Coloque em forno pré-aquecido a 170ºC, e depois que crescer abaixar para 150ºC.

Raviole de abóbora com pinoles e sálvia

• 3 comentários

Confesso que me disseram que a foto estava feia, mas quero garantir a todos vocês que este raviole é o sucesso dos sucessos. A massa pode ser usada para qualquer outro recheio que vocês queiram. Só um aviso: Cuidado porque este raviole vicia!

No molho tem sálvia e papoula. A sálvia é chamada por alguns como o alucinógeno natural mais potente já descoberto, só perdendo para o LSD, o qual não é encontrado na natureza. Já a papoula, produz o ópio, uma substância entorpecente que causa dependência química em seus usuários.

Tranquilizem-se, era apenas uma brincadeira, as quantidades que usaremos na receita não provocarão nenhum efeito sobre vocês.

Continue lendo >>

Mousse de maracujá

• 1 comentário

O nome maracujá veio do nome indígena maracuya, que significa “alimento na cuia”. Para apropriar completamente do nome, fiz o mousse e coloquei na metade do maracujá, como uma cuia mesmo.

O fruto é conhecido pelo seu efeito calmante, porém através de pesquisas descobri que ele também aumenta a libido de homens e mulheres. Vocês devem agora estar associando essa nova função ao outro nome pelo qual o maracujá também é conhecido: fruto da paixão. Porém, enganaram-se !!!

O maracujá ficou conhecido assim porque  os missionários católicos, ao verem o fruto, perceberam que as flores se assemelhavam muito  à coroa de espinhos com que Cristo foi crucificado

Continue lendo >>

Rosca de leite condensado da Beth

• 12 comentários

Essa rosca é feita na minha casa desde que eu me entendo por gente, ou seja, ela existe há mais de 28 anos! A receita é velha ou sou eu que estou velha?!? O que importa é que se ela esta perdurando, é porque é muito boa. O melhor de tudo é passar manteiga assim que ela sai do forno! Estou relembrando a sensação mas não consigo transmiti-la, então, façam.

Uma dica legal também para quem gosta é colocar passas na massa na hora de enrolar. Fica muito bom também.

Continue lendo >>

Sobremesa de doce de leite com bis

• 4 comentários

Essa receita é muito fácil e muito gostosa, até quem não cozinha consegue fazer. Tenho duas provas de que qualquer um faz.

Primeira, prestem atenção ao nome da pessoa da fonte da receita. Para quem não sabe, a Jacqueline é minha cunhada, e não cozinha nada. Segunda prova, esta sobremesa da foto foi feita por uma amiga, vistoriada por mim, que também não cozinha. Vou pedir para a Cecilia, minha amiga da execução, deixar um comentário !!!

Continue lendo >>